Orientação homossexual não é pecado nem castigo!

  Postado em   por   Ainda não há comentários

Faz anos que sou médium e me comunico com mentores espirituais e guias. Nunca ouvi nenhum deles dizer que a orientação homossexual seja um castigo, anomalia ou problema. É apenas uma orientação sexual natural, assim como a heterossexualidade e a bissexualidade. Desde que o ser humano existe, há a homossexualidade. Há relatos na História humana que todos nós conhecemos. O espírito humano não tem gênero nem orientação sexual específica.

Ao longo da nossa história espiritual, vivemos vidas em que fomos homens e outras em que fomos mulheres. E levamos adiante todas as nossas experiências. Acredito que sempre existirão pessoas com orientação sexual hetero, homo e bissexual, pois todas elas fazem parte das possibilidades humanas naturais. O que fazemos na Terapia Regressiva é conhecer a história passada do espírito com o objetivo de harmonizar nossos Eus passados.

A terapia possibilita que Eus passados sejam conhecidos, tratados e harmonizados, o que gera bem-estar e paz interior. A evolução do espírito tem como objetivo harmonizar todas as partes do nosso Ser e todas as nossas vidas passadas. Os espíritos mais evoluídos dizem sempre para aceitarmos as diferenças entre as pessoas. É por isso que muitas vezes encarnamos com espíritos que foram nossos inimigos no passado: para nos harmonizarmos com eles.

Os espíritos evoluídos não estão preocupados com nossas orientações sexuais. O que eles dizem é para praticarmos sexo com amor e respeito pelo parceiro ou parceira. Simples assim. Achei importante escrever esse texto porque muitas vezes a orientação homossexual é confundida com promiscuidade. E uma coisa não tem nada a ver com a outra.

Já atendi muitas pessoas com orientação homossexual na minha vida de Terapeuta. E a grande maioria delas não era promíscua. A maioria tinha um único companheiro ou companheira com quem se relacionava com amor e carinho. Acredito que Deus, a divindade que existe dentro de cada um de nós, quer que as pessoas se amem e se aceitem do jeito que elas são. Ou pelo menos se respeitem em suas diferenças.

Todos nós somos seres divinos independentemente de sermos loiros ou morenos, homens ou mulheres, altos ou baixos, com orientação sexual hetero, homo ou bissexual. O ideal é nos ajudarmos e nos respeitarmos para que possamos construir um mundo melhor para todos.

Valéria Centeville e Leonel Vicente -Terapeutas de Regressão

Consultas presenciais e à distância, via Skype e telefone.

www.povodooriente.net

www.terapiadevidaspassadas.com

Whatsapps 11 9 8444 9975 11 9 4236 6486 E 11 9 9824 2584

Gostou? Compartilhe:

Comentários