Pra ser feliz no amor

  Postado em   por   Ainda não há comentários

Pra ser feliz no amor

Uma dica super importante para um relacionamento dar certo é ter diálogo, ou seja, falar o que você gostou e o que você não gostou que ele fez.

Por exemplo, uma vez, eu estava no começo de um relacionamento de namoro. Éramos jovens, muito jovens. Estávamos dando entrada num hotel. A recepcionista do lugar era muito linda e ele disse isso pra ela e ficou “babando” na beleza dela e dizendo pra ela, na minha frente: nossa, como você é linda… muito linda mesmo! Ele repetiu, admirado e olhando pra ela.

Eu fui educada, não demonstrei ciúmes no momento e ela também foi educada e sorriu. Mas eu não gostei desse comportamento dele, pois me senti desrespeitada.

No momento que considerei oportuno, em particular, falei pra ele que eu não havia gostado daquele comportamento dele e que eu não gostaria que se repetisse. Ele disse que só a estava admirando, como se ela fosse uma obra de arte. Respondi pra ele que sim, que era uma moça linda mesmo, mas que eu me senti desrespeitada com o comportamento dele de dizer isso pra ela várias vezes.

Ele entendeu, prometeu que nunca mais iria fazer isso e realmente cumpriu a promessa dele.

Ficamos juntos namorando por mais muitos anos e posso afirmar que ele não me traiu em todo esse tempo. Digo isso porque quando uma pessoa me trai, eu sinto através da minha clarividência. A informação acaba chegando até mim.

Não quero com isso dizer que devemos falar tudo. Mas penso que devemos falar o que consideramos importante pra não acumularmos mágoas e ressentimentos, sentimentos esses que estragam os relacionamentos.

Na medida em que conversamos e entramos em acordo, temos a oportunidade de limparmos os maus entendidos e mantermos os relacionamentos saudáveis.

Valéria Centeville -Terapeuta e Taróloga

Terapeuta de casal

Gostou do texto?

Então curta e compartilhe! Fazer o bem sempre faz bem!

Gratidão, paz e amor!

www.povodooriente.net

www.terapiadevidaspassadas.com

Whatsapp: 11 9 8444 9975

Gostou? Compartilhe: