O Perdão é essencial para a evolução

  Postado em   por   Ainda não há comentários

É impressionante a quantidade de pessoas que estão presas no sentimento de culpa pelos erros que cometeram. Essas almas vivem tristes, se punindo pelo que já passou e obcecadas pela perfeição, pelo medo de errar. Esse comportamento caracteriza uma auto-obsessão. Num tipo de auto-obsessão, é uma parte da pessoa que a culpa, condena e pune, dizendo para ela mesma que ela não merece ser feliz.

Muitas pessoas são guiadas pela crença de que não merecem ser felizes. E, de fato, acabam não sendo, pois não se permitem. Atraem para si próprias situações que geram infelicidade. Atraem acidentes, traições, perdas financeiras, doenças, entre outros males. Até quando? Atraem essas situações geradoras de infelicidade até perceberem que estão fazendo isso e se perdoarem. O perdão liberta a alma. Mas é o perdão verdadeiro que é libertador. E não o perdão falso, da boca para fora. Uma pessoa é capaz de se perdoar quando percebe que errou e aceita o erro, prometendo para si mesma que irá compensá-lo. Sempre existe uma nova chance de acertar, uma nova oportunidade de consertar o que está errado, mesmo que isso se estenda para as próximas encarnações.

Não se pode cultivar o fatalismo, a idéia de que um erro não tem perdão ou conserto. Claro que tem. Pode não ser exatamente do jeito como gostaríamos, mas sempre há uma chance de fazer o bem e construir créditos espirituais. Sim, isso mesmo. Os créditos geram benefícios para nós mesmos e para nossos semelhantes. Os créditos são boas ações que levam a uma vida melhor. Exemplos de boas ações não faltam: estar feliz é uma boa ação, pois gera energia leve, de luz para o ambiente e para as pessoas. Uma pessoa que se sente culpada não pode estar feliz e não irá gerar energia boa para o ambiente. Levar uma mensagem de paz para quem está em guerra é uma boa ação, pois cura não só as pessoas como também o planeta.

Cuidar da natureza não jogando lixo nas ruas, não poluindo mais o planeta, é outra boa ação geradora de créditos. Cuidar de si mesmo para ficar em bom astral, tendo bons pensamentos é também outra boa ação, geradora de créditos. Quanto mais créditos as pessoas acumulam, mais elas e o próprio planeta Terra evoluem. E o Universo também evolui porque tudo é energia, tudo é conectado. Todos nós erramos. Isso é inevitável. A diferença entre o sábio e o doente é que o sábio se perdoa e aprende com os erros, enquanto o doente gasta anos de sua vida se culpando e gerando energia negativa para o ambiente. São posturas comportamentais opostas.

O sábio gera saúde e aprendizado, gera créditos para si mesmo e para o planeta, enquanto o doente gera mais e mais energia negativa, poluindo ainda mais o ambiente com sua culpa. O que queremos para nós: mais saúde ou mais doença? Se erramos com o planeta, agora vamos consertar. É isso o que a evolução espera de nós.

Com o auxílio da Terapia Holística, a pessoa descobre seu verdadeiro propósito de alma, ou seja, descobre para que reencarnou. Com isso, pode buscar a própria felicidade, a prosperidade e o equilíbrio emocional de uma maneira mais eficaz.

Se você gostou desse texto, curta e compartilhe com seus amigos!

Fazer o bem sempre faz bem!

Pode ser que alguém que você conhece esteja precisando.

Gratidão, paz e amor!

Leonel Vicente e Valéria Centeville – Terapeutas Holísticos
Consultas presenciais e à distância, via Skype e telefone.
Whatsapps 11 9 9824 2584 E 11 9 8444 9975
www.terapiadevidaspassadas.com
www.povodooriente.net

leonelvicentes10@gmail.com

valtvp@gmail.com

Gostou? Compartilhe:

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *