A Difícil Arte de Levar um Fora

  Postado em   por   Ainda não há comentários

Para a maioria das pessoas, é muito difícil lidar com a rejeição da pessoa amada. Em alguns casos, o que antes era considerado amor, pode se tornar ódio mortal. Sem falar dos casos (raros, graças a Deus) em que a raiva acaba por gerar violência ou mesmo morte do antigo parceiro. A dor da rejeição é uma das piores porque todo ser humano sente necessidade de ser amado e aceito. Compramos roupas, sapatos e inúmeros outros produtos e serviços para sermos aceitos na sociedade, na escola, na família, no grupo de amigos, no relacionamento íntimo e assim por diante.

Contudo, se mesmo empenhando todos os seus esforços a pessoa é rejeitada, ela pode ficar muito triste, com medo ou com raiva. Quando uma pessoa tem uma boa auto-estima, ela pode lidar melhor com um rompimento amoroso. Mas quando seu amor próprio já é pequeno, seu coração pode ficar destruído. Isso porque uma experiência de rejeição evoca situações similares vividas pelo espírito e, se esses eventos passados estiverem mal resolvidos, pode ser desencadeada uma emoção muito profunda, uma ferida emocional que pode estar inflamada há várias encarnações. Daí para uma depressão ou síndrome do pânico pode existir apenas um pequeno passo. Ou também pode acontecer de o sentimento de raiva ser dirigido para fora, para o parceiro que abandonou ou rejeitou.

Em todos os casos em que o sentimento de medo, raiva ou tristeza demoram demais para passar, as feridas da alma precisam ser tratadas e curadas. Na terapia de vidas passadas, esse tratamento é realizado principalmente através das regressões de memória, conduzidas pelos mentores espirituais do paciente. Durante o processo regressivo, são feitas as catarses (drenagens da emoções residuais) para que as experiências traumáticas vividas no passado deixem de interferir negativamente no presente.
Levar um “fora” não costuma ser fácil, mas com amor próprio e tratamento adequado, tudo pode ser superado. A vida pode voltar a fluir e o sol a brilhar!

Com o auxílio da Terapia Holística, a pessoa descobre seu verdadeiro propósito de alma, ou seja, descobre para que reencarnou. Com isso, pode buscar a própria felicidade, a prosperidade e o equilíbrio emocional de uma maneira mais eficaz.

Se você gostou desse texto, curta e compartilhe com seus amigos!

Fazer o bem sempre faz bem!

Pode ser que alguém que você conhece esteja precisando.

Gratidão, paz e amor!

Leonel Vicente e Valéria Centeville – Terapeutas Holísticos
Consultas presenciais e à distância, via Skype e telefone.
Whatsapps 11 9 9824 2584 E 11 9 8444 9975
www.terapiadevidaspassadas.com
www.povodooriente.net

leonelvicentes10@gmail.com

valtvp@gmail.com

Gostou? Compartilhe:

Gostou? Compartilhe:

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *